Make your own free website on Tripod.com

BEBUM E O CRENTE

O crente estava pregando em praça publica:
- Se vocês tiverem fé. jesus entrará em suas vidas, ele estará sempre com vocês e permanecerá dentro de sua alma.
Orem,tenham fé, que jesus entrará em vocês.
Nesse instante, um bêbado ajoelhou-se e estava orando, quando veio um cachorro e lambeu seu traseiro.
Ele então gritou:
-Por aí não senhor...

Curusqueredo...


Às três horas da manhã, a mulher acorda o marido:
- Benhê, estão batendo à porta. Vai ver o que é...
O sujeito vai atender e ao abrir a porta, dá de cara com um bêbado:
- Será que dá para você dar uma empurradinha? - diz o bêbado com voz pastosa.
O sujeito reclama, revoltado:
- Você acha que eu vou sair uma hora dessas para ajudá-lo a empurrar o carro? Nem morto!
E bate a porta na cara do bêbado. Voltando para a cama, a mulher pergunta quem era:
- Só um bêbado querendo que eu o ajude a empurrar o carro.
- E por que você não ajudou? - indaga a esposa.
- Ah... Ele está bêbado... - balbucia o sujeito.
Pouco depois, a consciência começa a pesar e ele muda de idéia. Ao abrir a porta, ele não consegue ver nada além da escuridão e grita:
- hei, você ainda quer a minha ajuda?
- Quero sim! - responde o bêbado.
- Mas onde é que você está?
- Estou aqui... No balanço!

Uaiuaiuai...


Beba Mais Cerveja


NA PRAIA

O sujeito consegue levar a Loira lindíssima para um canto deserto na praia e  começa a lhe dar o maior malho.
-Querido-interrompe ela. -Estou me sujando toda de areia!
Aí o rapaz pega a canga da moça, estende no chão e continua os amaços.
-Querido, está ventando muito. A ponta da canga fica batendo no meu rosto toda hora!
O sujeito vai até um quiosque,compra quatro latinhas de coca-cola, coloca uma em cada ponta da canga e começa a tirar a roupa da moça.
-Querido, você está esquecendo da camisinha! Aí o sujeito sai correndo em busca de uma farmácia. Nisso, passa um bêbado, vê a mulher toda peladinha deitada de bruços na canga, e manda ver. Depois comenta:
-Duvido que a pepsi faça uma promoção melhor que esta!


O bêbado, manguaçado, está na frente de uma casa tentando tocar a campainha.

Mas toda vez que ele estava quase tocando, perdia o equilíbrio e caía. Depois de algum tempo, um guarda que passava por perto viu a cena e resolveu ajudar o coitado, apertando a campainha.

E o bêbado disse:

- Você tocou, né? Agora corre que a velha é brava...


O bêbado entra na igreja, agarra o sacristão pelo braço e grita:
- Me vê uma pinga!
- Aqui não vendemos pinga, senhor!
- Então, me dá um conhaque!
- Também não temos conhaque!
- Como não tem? Que raio de bar é esse?
- Isso aqui não é um bar, é uma igreja!
- Ah.... Então me dá um São Raphael!


Motivos diferentes


Dois bêbados saindo do bar:
- Onde é que você mora?- pergunta o primeiro.
- Eu moro aqui na rua ao lado...
- Eu também! Então, vamos juntos!
Abraçados, os dois vão cambaleando pela rua, até que param diante de uma casa:
- Eu vou ficando por aqui... - diz o mais velho. - Obrigado pela companhia!
- Você está brincando, né? Quem mora aqui sou eu!
- Você? Está maluco, cara?! Essa casa é minha! Faz anos que moro aqui!
- Eu moro aqui desde que nasci! - declara o outro.
Nisso, aparece uma mulher na porta:
- Assim não é possível! - brada ela, nervosa. - Pai e filho, bêbados, discutindo de novo!


Dois bêbados conversavam num boteco, quando, a certa altura da madrugada, o primeiro propõe:
- Que tal irmos para um puteiro?
- Boa idéia - responde o segundo e ao dar mais um passo em direção do companheiro, cai e se esborracha no chão.
O primeiro, ao ver o lamentável estado do amigo, conclui que ele jamais terá forças para fazer sexo com uma mulher e decide levá-lo para sua própria casa.
Ao bater à porta, são atendidos por uma mulher velha e mal-encarada.
- Que puta mais feia! - comenta o segundo bêbado.
- Essa é a minha mãe - diz o primeiro sem-graça.
- Aaaahh!!! Então eu vou comer só por consideração!


Estava um bêbado no ônibus: 
- Se meu pai fosse um pato e minha mãe um pata, eu era um patinho... 
- Se meu pai fosse um cachorro e minha mãe uma cadelinha, eu era um cachorrinho... - Se meu pai fosse um gato e minha mãe uma gatinha, eu era um gatinho...
- Se meu pai fosse um carneiro e minha mãe uma cordeirinha, eu era um carneirinho... 
Claro, chegou uma hora que ninguém aquentava mais o bêbado, o trocador foi o primeiro a perder a paciência: 
- E se teu pai fosse um viado e tua mãe uma puta? 
- Ai eu era trocador...


Dois bêbados conversam diante de uma garrafa de cachaça:
- Acho que eu vou parar de beber - comenta um deles, com voz pastosa.
- Parar de beber? Você está maluco? - indigna-se o outro.
- É que toda vez que eu bebo eu vejo tudo dobrado!
- E vai parar de beber só por causa disso? Faz isso não, rapaz! É só fechar um olho!


Te enganei


Eu tinha lá em casa dez garrafas de cachaça, da boa.
Mas minha mulher obrigou- me a jogá-las fora.
Peguei a primeira garrafa, bebi um copo e joguei o resto na pia.
Peguei a segunda garrafa, bebi outro copo e joguei o resto na pia.
Peguei a terceira garrafa bebi o resto e joguei o copo na pia.
Peguei a quarta garrafa, bebi na pia e joguei o resto no copo.
Pequei o quinto copo joguei a rolha na pia e bebi a garrafa.
Peguei a sexta pia, bebi a garrafa e joguei o copo no resto.
A sétima garrafa eu peguei no resto e bebi a pia.
Peguei no copo, bebi no resto e joguei a pia na oitava garrafa.
Joguei a nona pia no copo, peguei na garrafa e bebi o resto.
O décimo copo, eu peguei a garrafa no resto e me joguei na pia.


Igreja lotada, o padre interrompe o sermão e pergunta:
- Quem deseja ir para o céu levante a mão!
Todo mundo levanta a mão, menos um sujeito sentado na primeira fila, caindo de bêbado.
- O senhor não quer ir para o céu quando morrer? - pergunta-lhe o padre.
E o bêbado:
- Ah... Quando morrer eu quero! Pensei que o senhor tava organizando a caravana prá hoje!


Um bêbado é abordado na rua por uma senhora que segura sofregamente uma Bíblia:
    - O senhor quer ser testemunha de Jeová?
    - Por que? Ele está sendo processado?


Lá pelas 3 horas da manhã toca o telefone e uma voz de bêbado pergunta:
    - A que horas o senhor vai abrir o bar?
    - Desgraçado! - grita o dono do bar, desligando.
    Em seguida, o telefone toca de novo:
    - A que horas o senhor vai abrir o bar?
    - Você não tem o que fazer? Por que não vai dar trote na mamãezinha? - Reage o pobre homem.
    Não adianta. Dali a quinze minutos, o telefone toca novamente:
    - A que horas o senhor vai abrir o bar?
    Aí, o dono do bar não agüenta mais e implora:
    - Pelo amor de Deus, amigo... Deixa-me dormir! Como é que você pode estar pensando em beber a essa hora da madrugada? E o bêbado responde:
    - Não é nada disso. É que ontem o senhor fechou o bar e me deixou trancado aqui!


Próxima

Página Inicial